Com boa gestão, dívida de Campo Limpo Paulista cai 17%

20 Dez 2017

Que o ano de 2017 foi financeiramente complicado para Campo Limpo Paulista, não é segredo para ninguém. Janeiro começou turbulento, com uma dívida de R$ 106 milhões deixada pela administração anterior e o 13º salário dos funcionários atrasado. Hoje, com a nova gestão, a dívida caiu em 17% (cerca de R$ 18 milhões), e as duas parcelas do 13º já caíram na conta dos mais de 2 mil servidores, injetando R$ 6 milhões na economia local.

"Muitos municípios brasileiros não honraram com o pagamento do 13º por conta da situação financeira crítica na qual se encontram. Felizmente, em Campo Limpo Paulista, com a boa gestão de recursos, estamos em dia", diz o secretário de Finanças, Wilson Roberto Caveden. 

Segundo ele, os números são positivos, mas ainda não são ideais. O secretário esclarece que mensalmente são pagos ao Instituto Nacional de Previdência Social (INSS) cerca de R$ 200 mil, de uma dívida que em dezembro de 2016 era de R$ 32 milhões. De janeiro a dezembro desse ano, a atual administração já quitou R$ 5,4 milhões desse montante e recuperou a Certidão Negativa de Débitos (CND), que havia sido perdida pelo não pagamento dessa conta. Com a CND, Campo Limpo Paulista pode receber recursos estaduais e federais.  

Segundo Wilson, para aumentar a capacidade de investimento da cidade, além de reduzir dívidas é preciso aumentar a arrecadação. A Dívida Ativa (débitos de munícipes com impostos e multas, como IPTU, por exemplo) está em R$ 169 milhões. Ele explica que muita gente procurou a Prefeitura para renegociar esses débitos, porém, ainda não é o ideal. "Quem desejar pode nos procurar até sexta-feira (22) para obter descontos em multas e juros."

Além de chamar os devedores para negociação, a Prefeitura lançou neste ano duas novas e importantes leis assinadas pelo prefeito Dr. Japim Andrade. O 'Mais Empresas, Mais Empregos' concede incentivos para a vinda de novas empresas para Campo Limpo Paulista e, consequentemente, cria novos postos de trabalho.

Já o 'Emplaca Campo Limpo Paulista' reembolsa, total ou parcialmente, as despesas do munícipe que realizar emplacamento ou transferência do veículo para a cidade. "Campo Limpo Paulista precisa avançar e estamos trabalhando para deixar as contas em dia e ampliar nossa capacidade de investimento. As notícias para 2018 serão ainda mais positivas", comenta o prefeito.



Assessoria de Imprensa

Departamento de Comunicação de Campo Limpo Paulista

deixe um comentário