Gravidez na adolescência é tema de roda de conversa na UBS Vera Regina

12 Fev 2019

A UBS Vera Regina contou na manhã desta terça-feira (12), com uma palestra sobre "Gravidez na Adolescência" junto ao professor de enfermagem da Escola Técnica de Campo Limpo Paulista (ETEC), o enfermeiro, Lázaro Alves de Holanda. No encontro, foram abordados métodos contraceptivos e discussão sobre as consequências da gestação precoce.

A roda de conversa incluiu os pacientes que aguardavam atendimento na unidade. "A fase da adolescência é cheia de descobertas e mudanças biopsicossociais que envolvem: o corpo, mente e os aspectos da sociedade. A gravidez na adolescência, também está ligada a falta de diálogo com a família sobre sexualidade", explicou o professor.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a cada mil adolescentes brasileiras entre 15 e 19 anos, 68,4 ficam grávidas e têm seus bebês. "O índice de adolescentes grávidas tem aumentado muito nos últimos anos, principalmente, entre a população carente latino-americana. Precisamos levar para dentro de nossas casas orientações aos filhos, para que, a cada dia a maturidade possa ser trabalhada. Demonstrando também, as consequências de uma gravidez precoce, tanto ao menino, quanto a menina, com o adiamento de projetos, estudos e as mudanças físicas no caso da mulher".

Atenta às explicações, a mãe Isabel Cristina Teixeira, de 46 anos, se interessou na temática. "Meus pais não gostavam de falar sobre isso. Hoje, eu falo abertamente com meus filhos e filhas porque não quero que eles abram mão de um futuro promissor para assumirem a responsabilidade de criar filhos tão cedo", disse.

Ela ainda complementou. "Essas conversas são importantes porque mesmo os pais ouvindo e repassando aos adolescentes evita problemas na família", complementou Teixeira.

MAIS - A UBS da Vila Marieta também recebe palestra sobre Gravidez na Adolescência nesta quarta-feira (13), às 9h e sobre àlcool e drogas, no dia 20, às 9h30. Outra UBS que promove palestra, desta vez sobre Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs), é a UBS Botujuru, também na quarta-feira (13), às 13h.

Participaram da roda de conversa, alunos do curso de Técnico em Enfermagem da ETEC Campo Limpo Paulista. 


Assessoria de Imprensa

Departamento de Comunicação de Campo Limpo Paulista

deixe um comentário