Acessibilidade

Janeiro Branco encerra o mês com palestra e roda de conversa no CRAS São José

31 Jan 2020

A Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (SADS) encerra janeiro com uma ação importante realizada no Centro de Referência em Assistência Social São José (CRAS) alusiva ao janeiro branco, o mês que se reporta a medidas preventivas e para consciência sobre a saúde mental.

A tarde foi produtiva para cerca de 50 pessoas que participaram da palestra e da roda de conversa para compartilhamento de experiências com o professor da Escola Técnica de Campo Limpo Paulista (ETECAMP), Lázaro de Holanda. Os temas abordados foram prevenção a saúde mental, resiliência na vida diária, como realizar a própria prevenção e sintomas para um diagnóstico precoce das doenças mentais que mais acometem as pessoas no Brasil, ansiedade e depressão.  

MAIS - Campo Limpo Paulista conta com uma unidade especial de atenção à saúde mental, o Centro de Atenção Psicossocial II (CAPS), que funciona no antigo hospital Nossa Senhora do Rosário, na Avenida Dom Pedro I, nº 1901, Jardim Guanciale. O local atende adultos e crianças e só em 2019 atingiu mais de 18 mil atendimentos.

A unidade oferece atividades recreativas para cerca de 50 pacientes crônicos, além de atendimento com psiquiatra, psicólogos e psicopedagoga. A novidade para 2020 é a ala infantil que será separada da adulta e contará com entrada própria, além de design e decoração voltados às crianças.

SERVIÇO - Para o atendimento na unidade o cidadão deve se dirigir ao CAPS diretamente ou procurar ajuda clínica no Hospital de Clínicas (HC), que fará o encaminhamento posterior. Além disso, o CAPS também oferece ajuda para dependentes químicos (álcool e drogas). O grupo para adultos dependentes químicos funciona às segundas-feiras, das 9h30 às 15h30 e o grupo para jovem em dependência química funciona às quintas-feiras, das 14h às 15h30.

 

 

Assessoria de Imprensa

Departamento de Comunicação de Campo Limpo Paulista

deixe um comentário