Limpeza de bueiros: Prefeitura alerta para descarte irregular de lixo

05 Fev 2019

A Prefeitura de Campo Limpo Paulista tem realizado, rotineiramente, a limpeza de bueiros por toda a cidade. Na manhã e tarde desta terça-feira (5), os funcionários da Secretaria de Serviços Urbanos (SSU), realizaram a desobstrução de uma boca de lobo nas proximidades da rua 5, no bairro São José.

Só em 2018 foram 1.068 bocas de lobo desentupidas pelos funcionários da SSU. De acordo com o secretário de Serviços Urbanos, Marcos Aparecido (Quinha), o descarte irregular de lixo acaba entupindo o escoamento de água, principalmente das chuvas.

"Nossas equipes já acharam de tudo enquanto faziam a limpeza e manutenção dos bueiros: garrafas PET, sacolas plásticas, panos, latinhas, guarda-chuvas, até prótese dentária", revela o secretário.

A Secretaria de Saúde do Governo do Estado de São Paulo alerta a população, por meio de seu site, para os riscos que o entupimento de valas e bueiros pode causar: com a obstrução, o escoamento das águas da chuva fica comprometido, o que resulta nas enchentes e elas, por sua vez, carregam doenças infectocontagiosas, como a leptospirose, causada por uma bactéria encontrada na urina do rato e que pode entrar pela pele humana. É preciso ficar atento aos sintomas como febre, dor muscular, náuseas e dor-de-cabeça em caso de contato com alagamentos. 

Outra doença que pode surgir após o período de chuvas é a hepatite A, que pode ser transmitida pela água misturada com esgoto humano. As enchentes também aumentam o risco de diarreia aguda, causada por bactérias, vírus e parasitas, além da febre tifóide, causada pela salmonela typhi, bactéria encontrada nas fezes de animais.  

De acordo com a bióloga do Departamento de Meio Ambiente da Prefeitura, Karolina Tamberline, ao evitar o acúmulo de lixo nos bueiros, se evita a proliferação até mesmo do escorpião.

"O ambiente sujo do bueiro é propício e serve de abrigo às baratas, que, consequentemente, atraem os escorpiões por estarem na cadeia alimentar do animal peçonhento. Além disso, quando usufruímos de maneira correta da via pública, deixando nosso lixo nas lixeiras, fazemos nosso papel de cidadãos conscientes."  

Autuação - Caso o munícipe seja flagrado fazendo o descarte irregular de lixo ou entulho, as Leis nº 1995 de 2009 e nº 702 de 1980 preveem multa de até R$ 1.975.



Assessoria de Imprensa

Departamento de Comunicação de Campo Limpo Paulista

deixe um comentário