Meio Ambiente discute descarte de óleo de cozinha na 'EMEF Thomazina'

26 Set 2018

O Departamento de Meio Ambiente e Turismo (Dmat) da Prefeitura promoveu uma palestra sobre o descarte correto de óleo de cozinha, para alunos do 6º Ano, da EMEF Vila Thomazina. A iniciativa faz parte do Programa Município VerdeAzul do Governo do Estado de São Paulo, que incentiva a conscientização ambiental e gera recursos às cidades participantes.

O palestrante da tarde foi o advogado e presidente interino da Associação Caminho Verde, André Queiroz Guimarães. Durante sua fala, André contou um pouco dos riscos que o descarte irregular do óleo pode causar.

"Quando despejamos um litro de óleo no ralo podemos contaminar cerca de 1 milhão de litros de água, o que impedira a troca de luz e oxigênio e matara a vida vegetal e animal nos rios e lagos", disse. Ele ainda ressaltou as alternativas para descarte. "Há lugares específicos para o descarte como mercados que dispõe de estandes ou mesmo cooperativas que buscam nas casas dos cidadãos o óleo usado para fins saponáceos ou para biocombustível". 

MAIS - A pedagoga do setor de Meio Ambiente, Antônia Lazzarin Paganotto, afirma que a ação pretende levar aos adultos de amanhã a valorização da natureza e seus recursos. "Essas iniciativas nas escolas refletem a necessidade de nossos alunos aprenderem cada dia mais sobre preservação. O projeto é interdisciplinar é visa que o conhecimento repercuta em casa", salientou.

Estiveram na palestra: o diretor da EMEF Thomazina, Armelindo Soares Filho e a representante da Dmat, Kethleen Carvalho.



Assessoria de Imprensa

Departamento de Comunicação de Campo Limpo Paulista

deixe um comentário