Pacientes do município iniciam tratamento no Centro de Nefrologia

02 Ago 2018

As cadeiras do Centro de Nefrologia Dra. Débora de Paula Castro, de Campo Limpo Paulista, que por dois anos ficaram vazias, receberam nesta quinta-feira (2) os grandes protagonistas do espaço: os pacientes. Após a regularização da documentação, realizada pelo prefeito Dr. Japim Andrade, o local recebeu credenciamento para iniciar os tratamentos de hemodiálise.

Um dos primeiros pacientes foi o morador do São José I, João Evangelista da Silva. Para ele, a abertura do local representa um ganho em tempo e qualidade de vida. "Eu acordava 3h da manhã para ser transportado até Jundiaí. Agora é vida nova, já que o novo local é perto de casa", comentou. Assim como ele, João Brasileiro Lopes, de 87 anos, morador do Jardim Laura, também comemora a abertura do Centro de Nefrologia. "Eu esperei por isso muitos anos. Cheguei a visitar o local algumas vezes antes da abertura, sempre na expectativa. Está tudo nota 10."

O Ministério da Saúde fará o custeio do local com verba anual de R$ 6,4 milhões. Além dos pacientes de Campo Limpo Paulista, Centro de Nefrologia vai absorver a demanda da região, já que tem capacidade para atender até 150 pacientes por mês. São 25 máquinas.  Além dos procedimentos de diálise,  haverá também atendimento ambulatorial, com consultas com nefrologistas.

Os pacientes já foram comunicados da disponibilidade do Centro de Nefrologia para os tratamentos e já estão em fase de transferência da unidade de origem para a nova unidade, em Campo Limpo Paulista. Por conta disso, o preenchimento das vagas está sendo de forma gradativa.

MAIS - O Centro de Nefrologia de Campo Limpo Paulista foi inaugurado em 2016 sem a documentação necessária  para funcionamento. O prefeito Dr. Japim Andrade  e a equipe da Secretaria da Saúde trabalharam para deixar a documentação em dia e, enfim, pleitear junto ao Ministério da Saúde a verba para funcionamento. "Felizmente hoje os pacientes têm a oportunidade de realizar esse tratamento, tão desgastante, no município em que moram. É a realização de um sonho", disse dr. Japim.

         

Assessoria de Imprensa

Departamento de Comunicação de Campo Limpo Paulista

deixe um comentário