Acessibilidade

Para não perder aulas, casal leva filho de três meses ao inglês no 'CEAM São José'

19 Set 2019

Quem já foi pai e mãe de primeira viagem sabe muito bem os desafios que a paternidade traz com todas as descobertas e noites mal dormidas. Imagine aliar essa aventura com aulas de inglês? É assim que o casal Fernanda Cantanhede, de 29 anos, e Rogério Cantanhede, de 41 anos, aprende um novo idioma gratuitamente, no Centro de Arte e Movimento São José (CEAM), acompanhados de seu filho Oliver, de apenas três meses.

Fernanda conta que mal saiu do puerpério - período de 40 dias de resguardo após o parto - e já retornou às aulas de Inglês. "Quando eu comecei a estudar inglês estava com cinco meses gestacionais. Vim até o fim dos nove meses e após meu parto, demorei menos de quarenta dias para retornar, porque amo estudar e estava ansiosa", disse a mãe com Oliver em seus braços.

"Os CEAMs transformam vidas. Fico muito feliz por termos conseguido aumentar o número de vagas. Passamos de 400, em 2016, para 4.500 neste ano. Um salto de qualidade e de oportunidades", informa o prefeito de Campo Limpo Paulista, dr. Japim Andrade.

Além do inglês, o papai Rogério também pratica jiu-jitsu no CEAM São José, junto ao professor Cláudio José da Silva. Ele conta que tudo tem sido um desafio, em paralelo à sua carreira de corretor de imóveis, em São Paulo. "No início eu era um pouco resistente em aprender o inglês, mas não teve jeito. Minha esposa me trouxe e gostei. Descobri aqui também o jiu-jitsu e agora é uma de minhas paixões", relatou o pai.

De acordo com a professora de inglês, Claudeli de Camargo, a dupla de alunos é exemplo. "Nossas aulas são dinâmicas e eles aprendem rápido. O bebê é muito bonzinho e dá para ver que a cada lição, eles dão um jeito para copiar, prestarem atenção e cuidar do menino ao mesmo tempo", frisou a professora orgulhosa.

O casal que veio do Maranhão e reside em Campo Limpo Paulista há sete anos, diz que a saudade de terra natal é grande, mas que oportunidades como as oferecidas nos CEAM's os mantêm aqui. "Lá no Nordeste é muito bom, mas encontramos nossas oportunidades aqui em Campo Limpo Paulista. Além dos estudos, essa cidade têm nos proporcionado o verdadeiro significado de família", salientou.

A professora ainda reforçou. "A Fernanda é uma de minhas melhores alunas. Ela auxilia o esposo nos estudos e demonstra a garra de uma mãe e dona de casa ao mesmo tempo. Nós do CEAM admiramos a força desta família porque eu mesma não conseguiria", elogiou Camargo.

MAIS - Os Centros de Arte e Movimento contemplam 4.500 alunos em suas quatro unidades distribuídas nos bairros São José, Vila Ipê, Botujuru e Monte Alegre. Entre as modalidades está o inglês, que é uma das mais concorridas, além de serem oferecidas outras atividades esportivas, culturais e educacionais: capoeira, breaking, teatro, flauta, fanfarra, violão, violino, ginástica alternativa, caminhada funcional, jogos de tabuleiro, tênis de mesa, balé, jazz, jiu-jitsu, desenho, artesanato, pilates, musicalização infantil, canto e espanhol, este último incluído como novidade na grade de 2019.


Assessoria de Imprensa

Departamento de Comunicação de Campo Limpo Paulista

deixe um comentário