Meio Ambiente

CIAS muda o estatuto para gerar maior integração entre cidades da região

Data da publicação: 26/01/2022 18:19:50 - Data da atualização: 26/01/2022 18:19:50

Imagem: Prefeitura

Com o objetivo de unir lideranças políticas para a adoção de ações regionais não só da cidade de Campo Limpo Paulista, mais para outros cinco municípios - Jundiaí, Várzea Paulista, Cajamar, Vinhedo e Louveira -, o Consórcio Intermunicipal de Aterro Sanitário (CIAS) propõe uma mudança de estatuto, transformando-o em consórcio público. Na última sexta-feira, dia 21, os vereadores da cidade conheceram melhor os detalhes desta mudança que foram apresentados em uma reunião promovida pelo prefeito Dr. Luiz Braz, atual vice-prefeito do CIAS.

As mudanças previstas no estatuto darão condições ao CIAS de promover e flexibilizar ações conjuntas, garantindo respaldo legal, jurídico e financeiro. Por isso, os municípios terão de apresentar e aprovar esse novo termo de cooperação nas respectivas câmaras municipais.

O protocolo de intenções foi assinado entre os prefeitos em 11 de agosto do ano passado e o novo modelo adotado deve lançar a região como case no desenvolvimento de tecnologias específicas, governança e proteção ao meio ambiente - expandindo a atuação que já acontece entre os municípios há décadas.

“Trabalhamos no sentido de desenvolvermos um trabalho mais moderno e qualificado nas questões ambientais da região, principalmente na questão de gestão dos resíduos sólidos”, diz o prefeito Dr. Luiz Braz, lembrando que a alteração para consórcio público proporcionará redução de custos a partir de geração de receitas agregadas.

A empresa AGP Assessoria em Gestão Pública apresentou as mudanças estatutárias do Cias, acompanhada de Denis Pescuma e Leandro Bizetto, do Gabinete do Prefeito. Representando o poder Legislativo estavam os vereadores Tufão, Tio Dionísio, Edão, Fernando do Transporte Escolar e Kesley Foresto.

Autor: Departamento de Comunicação