Meio Ambiente

Em dois meses, cata-treco já retirou mais de 500 toneladas de materiais

Data da publicação: 24/11/2021 10:21:48

Imagem: Prefeitura

O serviço de Cata Treco foi implantado este ano em Campo Limpo Paulista e já completa 60 dias de trabalho e muita coleta de materiais inservíveis. Para realizar este trabalho, a Secretaria de Meio Ambiente reestruturou toda a coleta de lixo e buscou alternativas, parcerias e áreas para destinar corretamente os materiais descartados pela cidade. Entre os exemplos de materiais para coleta do Cata Treco estão móveis velhos, fogões, geladeiras, madeiras, vidros devidamente identificados e embalados com segurança e pneus.

Segundo o Gestor de Meio Ambiente, Neive Noguero, o balanço desses 60 dias é extremamente positivo. “Tivemos dificuldades no início, mas a população se adaptou ao serviço e hoje temos um número baixo de reclamações. A estimativa do gestor é de que já tenham sido recolhidas 528 toneladas de materiais.

Para o jovem Gabriel Francisco Rosa, morador do Parque Internacional, o serviço é muito importante. “Fiquei sabendo pelo Instagram da Prefeitura. Isso ajuda a manter a cidade organizada”. Nelson Pezzolito, outro morador do bairro, também elogiou o trabalho. “Os móveis velhos que não uso mais,o cata treco recolhe. Isso é ótimo!”.

Um dos materiais mais descartados é o sofá e a Secretaria de meio Ambiente pede atenção especial com o estofamento, que deve ser totalmente retirado da armação e ser acondicionado em sacos de lixo para coleta normal. Já a madeira será recolhida pelo cata-treco. Esse mesmo procedimento também é válido para cama box. Vale lembrar que todos os materiais devem estar obrigatoriamente na calçada. O cronograma completo do cata treco você pode conferir no site da Prefeitura https://www.campolimpopaulista.sp.gov.br/site/vive/cata-treco.html 

Autor: Departamento de Comunicação

Imagens