Meio Ambiente

Prefeitura usa tomógrafo para examinar árvores com risco de queda

Data da publicação: 04/10/2021 09:28:19

Imagem: Equipamento similar ao usado em humanos avalia saúde dos troncos e indica necessidade de corte ou tratamento

A incidência de temporais com ventanias, uma característica do verão, nossa próxima estação, fez a Prefeitura de Campo Limpo Paulista adotar uma medida preventiva considerada inovadora para se prevenir das quedas de árvores: o uso de um equipamento de tomografia, específico para analisar o dano causado por infestação de insetos e fungos nos caules das árvores não percebidos em uma avaliação visual.   O objetivo é prover um diagnóstico certeiro garantindo que árvores doentes sejam suprimidas e substituídas e que árvores saudáveis sejam mantidas. 

Na última quarta-feira (29), iniciou-se o trabalho e as primeiras árvores avaliadas foram na Rua Alameda dos Direitos Humanos, próximo ao Paço Municipal, e também na Rua Maria do Carmo Cardoso, em frente à Escola Monlevade. Através de constante avaliação e mapeamento, diversas árvores de praças e calçadas do município serão examinadas, possibilitando prevenir a queda de árvores evitando danos ao patrimônio público e privado.

O Gestor da Divisão de Meio Ambiente, Neive Noguero, afirma que no município existem muitas árvores antigas, principalmente na área central. E, pela primeira vez, recebem esse cuidado. “O aparelho funciona através de sensores colocados em volta do tronco possibilitando uma ‘leitura’ da estrutura física interna do mesmo, caso o caule apresenta problemas substanciais essa árvore será substituída”, afirma o gestor.

Autor: Departamento de Comunicação