Saúde

Focada no Outubro Rosa, Prefeitura realiza ações preventivas contra o câncer de mama

Data da publicação: 06/10/2022 17:14:28

Imagem: Divulgação Prefeitura de Campo Limpo Paulista

O mês de outubro é um mês voltado para a prevenção e o diagnóstico contra o câncer de mama. Por conta disso, foi criada a campanha Outubro Rosa, que é uma campanha realizada anualmente com o objetivo de alertar a todas as mulheres a respeito do câncer de mama e da importância de um diagnóstico precoce da doença. Pensando nisso, a Prefeitura de Campo Limpo Paulista preparou um cronograma especial voltado à prevenção das mulheres do município.

A partir desta quinta-feira, 06, começa a solicitação e agendamento de mamografia ou ultrassonografia pelos enfermeiros e médicos nas unidades básicas de saúde para pacientes com indicação para realizar os exames.

Durante todas as semanas do mês de Outubro, serão feitos mutirões para a realização das mamografias e ultrassons solicitadas. E em todas as terça-feiras do mês de outubro, das 13h às 16h na UBS Vera Regina, a Drª Paula fará a inserção de DIU para quem fez solicitação ou tem indicação médica.

Já no dia 15, das 8h às 14h, acontece o DIA D nas UBSs do São José, Botujuru e Central. No dia terá um café de boas vindas, um acolhimento para mulheres com queixas ginecológicas, coleta de citologia oncótica (papanicolau), solicitações de ultrassonografia e mamografia e para finalizar, uma roda de conversa sobre prevenção do câncer de mama.

E para fechar, no dia 19, no Ginásio do Nenezão às 8h, acontece um aulão de dança e ginástica. As participantes podem ir com roupas rosa em alusão ao Outubro Rosa.

O que é? 

O câncer de mama é um tumor maligno que ataca o tecido mamário. Ele se desenvolve quando ocorre uma alteração de apenas alguns trechos das moléculas de DNA, causando uma multiplicação das células anormais que geram o cisto. Uma das maneiras de se identificar o câncer de mama, é através da mamografia. A mamografia é um exame radiológico feito nas mamas, onde é fornecido imagens detalhadas capazes de identificar precocemente o câncer de mama, antes mesmo que a mulher tenha algum sintoma. O diagnóstico precoce do câncer é um dos principais aliados para uma maior eficácia no tratamento. 

Elas venceram! 

Berenice Trevisan, 65, é uma de tantas mulheres que venceram o câncer de mama. “Descobri o câncer em 2015, no dia que eu recebi o meu diagnóstico foi um baque muito grande, pois as pessoas em geral nunca acham que algo assim, pode realmente acontecer conosco. Mas, graças ao apoio do meu marido, eu parei e pensei, eu consigo e eu vou vencer essa batalha. Alí, eu determinei quais seriam os meus próximos passos, o processo completo não foi fácil, mas hoje eu posso dizer, eu venci o câncer de mama.”

Já Ketlyn Priscila Santos, 41, conta como descobriu que estava com câncer de mama. “Eu fiz o autoexame em casa mesmo, senti um nódulo diferente e fui ao médico. O diagnóstico foi câncer de mama, de cara, eu pensei que iria morrer, o meu tratamento foi bem intenso, mas  lutei e venci essa batalha. Hoje eu me sinto muito mais forte”, completa.

“Eu venho de um histórico familiar, eu fui a quarta mulher da minha família a ter câncer de mama, então eu já tinha um psicológico preparado que possivelmente no futuro eu poderia ser diagnosticada com câncer de mama. Resolvi então fazer o exame preventivo, e ali eu tive a confirmação que eu estava com câncer, passei por um longo e duro processo de recuperação, mas no final, eu fui curada”, finaliza.

Autor: Assessoria de Imprensa

Imagens