Acessibilidade

Centro de Nefrologia completa um ano com 14.400 sessões de hemodiálise

31 Jul 2019

Atendimento acolhedor e humanizado são as marcas do Centro de Nefrologia "Doutora Débora de Paula Castro", de Campo Limpo Paulista, inaugurado há um ano pelo prefeito Dr. Japim Andrade, que já se consolidou como referência para toda a região. O espaço chegou à marca de 14.400 sessões de hemodiálise nesses primeiros 12 meses de funcionamento, além de 350 atendimentos ambulatoriais e mais de 230 procedimentos.


Atualmente, 104 pacientes fazem hemodiálise no local. Entre eles está o morador do São José II, Raimundo dos Santos, de 49 anos. Três vezes por semana, ele comparece ao Centro. "Para mim, a abertura do Centro de Nefrologia em Campo Limpo Paulista significou uma economia de tempo e mais descanso. Hoje venho de ônibus e chego mais rápido", comentou ele, que faz hemodiálise há 14 anos e antes acordava 4h da manhã para o tratamento em Jundiaí.


Já Laudicéia Ferrreira Leite, de 48 anos, também moradora do São José, fala da praticidade de fazer o tratamento em Campo Limpo Paulista e do bom atendimento.  Gosto muito dos funcionários. Além disso, não tenho mais o transtorno da viagem longa para Jundiaí, quando o transporte precisava passar a vários bairros para pegar diversos pacientes."


Para o prefeito Dr. Japim, a abertura do Centro de Nefrologia, realizada em 1º de agosto de 2018, representou a realização de um sonho, já que o prédio havia sido inaugurado em 2016, por uma administração anterior, sem documentação necessária  para funcionamento. "Ao lado de toda a equipe da Secretaria de Saúde, corremos para deixar a documentação em dia e, enfim pleitear junto ao Ministério da Saúde a verba para o funcionamento. O trabalho para a regularização foi intenso e, felizmente, deu certo." 


MAIS - De acordo com o coordenador do Centro de Nefrologia, dr. Nilso Moreira, 50% dos pacientes atendidos nas sessões de hemodiálise são de Campo Limpo Paulista. Os demais são de Caieiras, Cajamar, Várzea Paulista, Francisco Morato, Jarinu, Jundiaí e Mairiporã. "Para nós, o balanço desse primeiro ano é extremamente positivo. Conseguimos, com o esforço de todos, tornar esse sonho realidade. Mostramos a capacidade da clínica, com o respaldo da Prefeitura, para toda a região."


A equipe atual tem 32 funcionários, entre eles quatro nefrologistas, três enfermeiros, 13 técnicos de enfermagem, assistente social, nutricionista, psicólogas, entre outros.



Assessoria de Imprensa

Departamento de Comunicação de Campo Limpo Paulista

deixe um comentário