Acessibilidade

Centro de Nefrologia reúne pacientes para celebrar o primeiro aniversário

01 Ago 2019

O Centro de Nefrologia 'Doutora Débora de Paula Castro', de Campo Limpo Paulista, completou um ano nesta quinta-feira (1), com direito a bolo e uma solenidade de aniversário. Entregue pelo prefeito Dr. Japim Andrade, o espaço atende pacientes da cidade e de toda a região e ultrapassou 14.400 sessões de hemodiálise nos primeiros 12 meses de funcionamento.

Também foram realizados 350 atendimentos ambulatoriais e mais de 230 procedimentos. Atualmente, 104 pacientes fazem hemodiálise no espaço. "Campo Limpo Paulista se destaca pela qualidade do serviço e já virou referência no interior. Além disso, os pacientes da cidade não têm mais o desgaste do longo deslocamento que antes faziam", comentou o prefeito dr. Japim Andrade, que também é nefrologista e estava acompanhado pela primeira-dama e secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Cristina Andrade.

Hoje, 50% dos pacientes atendidos nas sessões de hemodiálise são de Campo Limpo Paulista. Os demais são de Caieiras, Cajamar, Várzea Paulista, Francisco Morato, Jarinu, Jundiaí e Mairiporã.

A equipe atual tem 32 funcionários, entre eles quatro nefrologistas, três enfermeiros, 13 técnicos de enfermagem, assistente social, nutricionista, psicólogas, entre outros. Para dr. Nilso Moreira, que é coordenador do Centro de Nefrologia, o primeiro ano de trabalho tem balanço positivo. "A Prefeitura nos dá todo o respaldo necessário para o trabalho como um todo. O setor de ambulância sempre está à disposição caso haja necessidade. A qualidade no tratamento dos pacientes melhorou consideravelmente, pois eles não percorrem longas distâncias para chegar ao local do tratamento."

Os secretário de Saúde, Sebastião Batista, destacou a importância que o Centro de Nefrologia tem para o município. "A clínica favorece os pacientes de toda a cidade e região e, felizmente, já é referência."

Quem faz tratamento no local também fala da economia de tempo para chegar à Clínica. "Antes eu ia para Jundiaí, levava muitas horas. Agora é tudo pertinho", comenta João Brasileiro Lopes, morador do Jardim Laura. Assim como ele, Maria Odila Domingos, moradora de Várzea Paulista, fala da economia de tempo. "Eu ia para Bragança Paulista três vezes na semana e perdia o dia todo. Agora está mais perto, fico aqui apenas no período da manhã e não tenho o transtorno da viagem longa."

O evento contou ainda com a presença de Gevair Antônio Salgado de Castro, pai da nefrologista que dá nome ao local, doutora,  Débora de Paulo Castro. Ele agradeceu a homenagem à filha e também foi convidado a cortar o bolo do aniversário de 1 ano da clínica.

 


Assessoria de Imprensa

Departamento de Comunicação de Campo Limpo Paulista

deixe um comentário