Acessibilidade

"Dia D" contra o Sarampo acontece no sábado

11 Fev 2020

O "Dia D" da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo será no sábado, dia 15, em seis Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Campo Limpo Paulista, das 8h às 17h para crianças a partir de 5 anos e adolescentes até 19 anos, conforme orientação do Ministério da Saúde. No entanto, as crianças com menos de 5 anos poderão receber a dose injetável no sábado.

Desde segunda-feira, dia 10, seis UBS´s da cidade estão disponibilizando a vacina para bebês a partir de 6 meses até os idosos com 60 anos.

Segundo a Secretaria de Saúde, a confirmação ou negação da doença acontece através da coleta do sangue para a sorologia. É necessária, também, a coleta de amostras biológicas para o isolamento viral e/ou RT-PCR, a fim de conhecer o genótipo do vírus que está circulando. Os casos suspeitos em Campo Limpo Paulista são encaminhados para o Hospital de Clínicas para coleta de exames e demais orientações e providências necessárias.

A Primeira Etapa da Vacinação 2020 vai até o dia 13 de março em seis Unidades Básicas de Saúde (UBS), das 07h30 às  11h30 e das 13h às 15h de segunda à sexta-feira. As UBS dos bairros Vila Marieta e Jardim Europa não estão vacinando porque essas unidades não possuem uma sala de vacinação que requer alguns requisitos para instalação.

CASOS - Campo Limpo Paulista registrou 24 casos da doença em 2019, e a vacinação é uma das formas de conter a enfermidade. Em 2020, nenhum caso foi registrado.

NÃO PODEM SER VACINADAS - Crianças menores de seis meses, gestantes, pessoas em uso de corticosteroides, pessoas em uso de quimioterapia, transplantados de medula óssea e pessoas com imunodeficiências congênita ou adquirida.

SARAMPO - O sarampo é uma doença viral grave e altamente contagiosa que pode evoluir para complicações e levar à morte. É transmitido por um vírus, e os primeiros sintomas são febre, tosse, coriza, como se fosse um resfriado comum.

A grande preocupação é que o sarampo, em crianças pequenas e pacientes imunocomprometidos, pode levar a complicações. A diarréia é a complicação mais comum, mas outras podem aparecer como otite média aguda, pneumonia, hepatite e, até mesmo, encefalite.

Assessoria de Imprensa

Departamento de Comunicação de Campo Limpo Paulista

deixe um comentário