Acessibilidade

Na Pandemia, casos de violência contra a mulher sobem para 58%

22 Mai 2020

Mesmo em meio à crise do covid-19, há outros problemas sociais e criminosos que não se podem esquecer. Entre eles: o da violência contra a mulher. 

Caso alguma munícipe esteja sofrendo violência pode entrar em contato com os números 180 - Central de Atendimento à Mulher ou no 153 - Guarda Municipal. 


De acordo com a Secretaria de Segurança Integrada, em Campo Limpo Paulista, as denúncias de violência contra a mulher aumentaram em 58% durante a quarentena. 


Para o diretor de Segurança Integrada, Bruno Galvão, o momento é delicado. "Essa é uma realidade triste. Ao mesmo tempo em que temos de enfrentar o vírus, temos que nos atentar especialmente para proteger as mulheres da cidade e cuidar destes casos de violência", frisou o Galvão. 


A violência contra a mulher é crime previsto na Lei Federal Maria da Penha n 11.340, de Agosto de 2006. A pena pode chegar a três anos de prisão. 


De acordo com levantamento feito em abril deste ano, do Núcleo de Gênero e do Centro de Apoio Operacional Criminal (CAOCrim), durante a quarentena, os casos de violência contra a mulher aumentaram 30% no Estado de São Paulo. No Rio de Janeiro este aumento percentual chega a 50%.

Assessoria de Imprensa

Departamento de Comunicação de Campo Limpo Paulista

deixe um comentário